terça-feira, setembro 7

Sete de Setembro

2
Minha vó me disse que deitada sobre a cama próxima da janela escutava a banda passar, e ainda com dores do parto de minha mãe, no dia 07 de Setembro de 1968, conseguiu se sustentar nas beiras e observar o desfile e a comunhão de uma sociedade. E eu fiquei encantado, pois ela apontou para a janela e me disse com um tom tão suave e nostálgico.

Minha mãe tinha nascido, e minha história estava mais próxima de começar. Minha vó nasceu em 02 de Julho (independência da Bahia), minha mãe nasceu em 07 de Setembro (indepedência...exatamente) e eu em 27 de Março, um espírito louco por liberdade e amor intenso, um paradoxo, mas ainda não é independência de nada que eu saiba. Do teatro? De Tarantino?

Que a vida quer da gente durante a vida toda?

2 Response to Sete de Setembro

Wiliana
7 de setembro de 2010 17:50

Sensibilíssimo!!!
Vc pode realizar independências mais seguras e reais que essas, tenha certeza!!!
Que a vida quer?
Que vivamos.
Como???
Como acharmos conveniente...
Será que é isso???
Eu não acho...
Então, continuemos com as indagações...
As perguntas são mais fascinantes que as respostas...
Bjo.

Wiliana
7 de setembro de 2010 18:14

Ah, mas uma coisa eu garanto...
Embora seja o mês mais longo, vc nasceu no mês mais lindo do ano!!!
;)