sábado, junho 5

Motivo da simples alegria de está vivo

1
Antes de tocar as badaladas da tristeza e expectativas de um futuro desastroso, considero o que pensei nesta noite e que ainda penso, mas agora com receio.

No primeiro olhar tinha visto um galho; no segundo, umas folhas; no terceiro, o tronco; hoje, toda a árvore. Frondosa, luminosa e com flores. Flores de aspectos azul esverdeado e de cheiro desconhecido que ainda não tive chance de cheirar. E hoje eu pensei da árvore ter sido feita para mim, e eu, veja que talvez tão bobo seja, feito para ela; Deus enfim tinha nos cruzado aqui e agora para todo o sempre. (?)

Eu queria reter toda a imensa alegria que tive quando caminhei sozinho e pensei no futuro brilhante, o meu e o da árvore. Pensei que ela me daria sombra, eu daria-lhe água, ventilação, raio solar, aconchego, carinho... compartilharia minhas dores e analisaria todas as folhagens e flores que ela transformasse em entrelinhas. Eu quero, e quero mesmo que tudo isso que eu disse que queria fosse verdade, ou melhor, eu quero que seja verdade. Eu quero a felicidade de também ser árvore!

É bem provável de estar sendo eu efusivo. É sempre assim! E que posso eu com isso, pergunta que deveria me fazer. Por ora, me faço tal pergunta. E me respondo o que só Gabriel García Márquez já tinha me respondido em um livro de quatrocentas e tantas páginas, me respondo de muito provavelmente ser a hora de ter a vontade de Florentino Ariza e assim mover pedras e montanhas por algo que não vem do corpo, mas do espírito. Deus, meu Deus te relembro da minha vida ser tua, minha felicidade é tua felicidade e se for hora de enraizar e por aqui ficar com ela, que sejamos muito mais que feliz! Sejamos cumplíces, amantes, amigos, namorados, colegas, parceiros... Eu e a árvore.

E o meu receio provém da probabilidade de tudo isso ser mentira, assim como a esperança de ser verdade alimenta essa inspiração de escrever tudo que acaba por ler. Contudo, não abdicarei da liberdade que tenho de fazer acontecer. Em tese de tudo, em tese de todas as coisas só o que sei é que só Deus sabe!

1 Response to Motivo da simples alegria de está vivo

6 de junho de 2010 12:40

pq seu blog chama asneiras

nao acho...