terça-feira, abril 13

O planeta gira, a gente muda e algo fica

5
Tivesse eu a mão maior, pegaria um pedaço da nuvem se ela fosse mesmo algodão doce; de lá levaria a sua casa e te ofereceria. Você iria querer? Sei-lá. Seu namorado já te pediu em casamento, não é mesmo? Prefiro ter essas mãos curtas, pelo menos elas alcançam meu corpo e eu o engano quando me abraço e digo, e penso que é você.

Às vezes, me sinto fantasma na sua vida. Sabe aquele medo de reencontrar o que parece desconhecido? É assim que sinto o seu sentir em ralação ao nosso passado. O mais estranho é saber que você está na próxima rua, no mesmo bairro e a gente não se encontra a mais de dois anos.

Terei de confessar que penso em te encontrar grávida e totalmente desgastada por eles, o tempo e seu namorado. Era para nós estarmos unidos, e ainda pode ser.

Tem uma condição que limita o meu amor, a condição de você ser a mesma de sete anos atrás. E eu sei que ninguém é o mesmo de um dia atrás, quiça sete anos; considerando a mão que não tenho e o tempo que modifica, chego a conclusão de que o amor também é utópico, não resta dúvida.

5 Response to O planeta gira, a gente muda e algo fica

14 de abril de 2010 14:58

Meu escritor favorito.rs
Ahhhhh, migoo meu texto esta errado, é? me diz se tiver pra vc me ajudar a consertar.

sei lá. Depois que você comentou me deu uma inquetude,li e reli e agora acho que ta errado.

Me diz! Tem algum erro? tem?

Espero resposta e se realmente tiver algum erro de portugues pode corrigir que coloco lá pos creditos a tii.

rs

(Como já te disse anteriormente , não entendo nada de português, mas sou apaixonada por leitura. Ainda faço alguns cursos pra melhorar esse lado.)

Beijinhooo

(uma ótima quarta feira)

14 de abril de 2010 14:59
Este comentário foi removido pelo autor.
14 de abril de 2010 17:35

:)

Nenhum...

*_*

14 de abril de 2010 19:18

Obrigada amore!!!
è que as vezes vem uma insegurança absurda, sabe... é que sou assim mesmo.Gosto de fazer tudo com perfeição e quando acho que não ta , fico meio surtada! rs
obrigada mesmoo !!
Te adorooooooooooo imensamente, absurdamente e sou sua fã!


Ahh, adorei esse novo texto.
vc sente tudo isso de verdade, ou é algo da sua criatividade? E pq o amor é utópico? pq?

Aparece no msn moço!! Saudade de paperar com vc.

15 de abril de 2010 10:40

Sinto... Sinto...

Existe muita coisa do texto na minha realidade. Acho que tudo.

Quanto a utopia...
Sabe aquele desejo/vontade de fazer algo que está além do possível?
Lutar para a liberdade nos tempos escravagistas...
Querer uma democracia...
Querer a igualdade entre os gêneros sexuais...

Podemos dizer que esss manifestações, nos seus respectivos contextos, eram utópicas. Mas, é justamente esse sentimento que move muita coisa nesse mundo. E a vontade de ter uma mão maior, e a vontade de querer que as pessoas continuem como antes por serem mais encantadoras, acabou sendo uma utopia para mim.
Quem sabe venha não ser e seja uma utopia não mais utopia.


:)

Aparecerei.

É que estou estudando para o concurso do Detran-PE e estou bem focado.

Bjo e abraço!