sexta-feira, fevereiro 26

Ovos Quebrados

2
Um livro: Tudo ou Nada (Roberto Shinyashiki)

Em dado momento, quando o autor tece considerações sobre riscos, o autor considera:
"Para fazer seus omeletes, primeiro você deve quebrar os ovos".

Uma experiência real do autor que vos escreve:

Ontei pela noite fui dá um tapa na perna do meu irmão e acertei nos meus testículos; bati na intersecção entre os níveis forte e fraco (com força e sem força). Uma dor que parece que tange a alma; a voz parece que lhe faltaa; a cor parece que desaparece, e quando fiquei em pé pensei que iria desmoronar.

Bem, aquí eu não tentei ser imoral. Quase sempre eu opto pela amoralidade quando discuto os lados sexuais (desde órgão a outras coisas, sigo o caminho do erotismo em algns textos).

Analogia:

Os ovos que você tem com um tempo parece ser inerente a você, por isso que muitas pessoas, ao sentir a demissão e por elas mesmas terem aplicado tanto esforço no trabalho, parecem perder o sentido da vida quando perdem um emprego que roubava cerca de 40% de seu tempo. É justamente nessa encruzilhada que dilatam um problema e pensam até em suícidio; esquecem que são muito mais que empregados e, não obstante, proletariados.

Quando batemos nos nossos ovos, quando isso acontece há uma anunciação de nada, nossa visão anuvia-se. Em certo momento, devemos respirar vagarosamente, ficar em pé na mais pura audácia e massageá-los. Um hora a gente sente a dor aliviar (seja de perder o rumo, namorado, carteira de identidade, CPF, Celular) e achamos ovos mais dignos de extrema dedicação.

Os ovos melhores cuidados resultaram em omeletes de melhor qualidade!

Pense nisso!

2 Response to Ovos Quebrados

26 de fevereiro de 2010 13:07

eu faria um bolo com esses ovos! :d

26 de fevereiro de 2010 13:20

Meu querido amigo,
vim aqui primeiramente agradecer o seu comentário em meu blog.
Postei um agradecimento lá ao seu ponto de vista,se puder olhar,será um prazer.
E em segundo lugar,vim trazer meus parabéns pela proficiência de seu espaço.
Um grande abraço,

Iago José
http://cafedeladroite.blogspot.com/